.

.

SAÚDE Semus fará regulação de pacientes oncológicos de outros municípios


O secretário Alair Firmiano disse que o serviço de oncologia pediátrica era muito aguardado e reafirma Imperatriz como centro médico.


Com a entrada em funcionamento, nesta terça-feira, 1º, da Unidade de Oncologia Pediátrica numa parceria entre o Hospital São Rafael e o Governo do Estado, o Município de Imperatriz passa a ter um papel importante no processo de atendimento dos pacientes de outros municípios.

A Secretaria Municipal de Saúde, Semus, vai ser a responsável por fazer a regulação dos pacientes, como explicou o titular da pasta, Alair Firmiano.

“Este é um serviço do Estado, mas para todas as pessoas, não só de Imperatriz. Vamos estar sempre envolvidos porque essas crianças não vão vir direto para cá (Unidade de Oncologia), serão atendidas pelo município de Imperatriz, inclusive as encaminhadas de outros municípios e Imperatriz vai fazer a regulação(...)”, disse o secretário.

Presente à solenidade inaugural, Alair Firmiano frisou que o tratamento oncológico pediátrico era um serviço muito esperado e que vai melhorar a qualidade de vida dos pacientes até então encaminhados para grandes centros.

Com o tratamento em Imperatriz, os pais não precisam se dirigir à São Luís, Goiânia - GO, ou Belém - PA, o que garantirá o tratamento perto da família sem o desgaste das viagens. A unidade também reafirma Imperatriz como grande centro médico.