Defesa Civil orienta sobre prevenção de acidentes no carnaval


Meta é garantir segurança da população, turistas e das pessoas que trabalham no local
Superintendência Municipal de Proteção e Defesa Civil alerta para os cuidados que foliões e vendedores ambulantes devem tomar durante o carnaval. Para que nada estrague os momentos de alegria, algumas recomendações podem fazer a diferença, sobretudo no que diz respeito à fiação elétrica improvisada, consumo e venda de bebidas em garrafas de vidros, responsáveis por acidentes graves e, às vezes, fatais.

O superintendente da Defesa Civil, Josiano Galvão, faz orientações eficazes para a segurança da população. “No carnaval, as pessoas excedem os limites e colocam a vida à prova, com pessoas machucadas e embriagadas por falta de cuidado e atenção”, destacou.

Ele explica que as instalações elétricas das barracas devem ser feitas por eletricista profissional. “Apesar de serem proibidas, as ‘gambiarras’ infelizmente existem. Orientamos ambulantes a procurarem pessoas qualificadas na hora de instalar a fiação para que não ocorram acidentes graves e até mesmo fatalidades”, frisou.

Como forma de evitar acidentes durante o carnaval, a Prefeitura de Imperatriz determinou a proibição da venda de bebidas em garrafa de vidro, alcoólica ou não. Josiano explica que recipientes de vidro devem ser trocados por copos descartáveis ou recipientes de plástico. “Tanto foliões quanto vendedores têm que ficar atentos. Durante o carnaval haverá fiscalização constante, e quem estiver portando garrafas de vidro terá o objeto recolhido. A meta é garantir a segurança da população, do turista e das pessoas que trabalham no local”, esclareceu.

Segundo ele, bares e restaurantes só poderão comercializar bebidas em garrafas de vidro, se forem consumidas no próprio estabelecimento e fora do corredor da folia.