Prefeitura de Amarante inicia Campanha contra a exploração sexual de crianças e adolescentes no município
Durante toda a campanha que se estenderá até 18 de maio serão desenvolvidas com a sociedade uma série de ações educativas.
Aconteceu na tarde desta terça-feira (24/04), na Câmara de Vereadores, a solenidade da abertura oficial, no município, da Campanha Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Realizada pela Prefeitura de Amarante, por intermédio da Secretaria Municipal de Assistência Social, a Campanha tem por objetivo sensibilizar toda a sociedade a se engajar no enfrentamento e prevenção do problema da violência sexual praticada contra crianças e adolescentes. Compareceram na abertura do evento, representantes do Executivo, Legislativo, Judiciário, Polícia Militar e população em geral.

Durante toda a Campanha, que se estenderá até o dia 18 de Maio (Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, instituído pela Lei 9.970), serão desenvolvidas em parceria com as secretarias de Saúde, Educação e Cultura, uma série de atividades, que buscará mobilizar todos os parceiros, através de capacitações e outras atividades educativas.

Em seu pronunciamento na abertura do evento, a secretária de Assistência Social, Fátima Jorgina, comentou sobre a necessidade do envolvimento de toda a sociedade nessa Campanha. “Esse projeto foi realizado ano passado aqui no nosso município de forma bastante positiva, então eu aproveito desse momento aqui da abertura para convidar, mobilizar e sensibilizar toda a sociedade amarantina para se envolver nessa campanha, para juntos enfrentarmos esse problema que tem afetado tantas crianças e adolescentes aqui mesmo no nosso município”, ressaltou Jorgina, que também enalteceu o apoio da prefeita Joice , nessa ação.

Seguindo o mesmo raciocínio da secretária, a prefeita Joice Marinho, também falou da importância desse projeto, que busca chamar atenção da sociedade para um assunto de uma seriedade muito grande. “É necessário que a gente não se cale diante de situações de abuso sofridas por nossas crianças e adolescentes, que a gente entenda que esse problema que assola a nossa sociedade independe de classe social, por isso façamos nossa parte como cidadãos e nos engajemos para o sucesso dessa campanha aqui na cidade”, enfatizou Joice.
Um vídeo que relatava uma criança sendo exposta a situações de assédio, foi exibido ao público presente durante a fala do promotor de Justiça, Eduardo André de Aguiar. “A partir do momento que nós começarmos a abrir os olhos e nos dedicarmos como cidadão, enfrentando o abuso sexual de forma bem mais eficiente, essas estatísticas que nós temos hoje dentro do município, essa quantidade alarmante de abuso sexual que tem acontecido diariamente aqui na nossa cidade, tende a ser combatida”, concluiu o promotor.

O Juiz titular da comarca de Amarante, Thiago Henrique Oliveira, ressaltou o quanto é importante nós enquanto cidadãos não nos omitirmos ao presenciarmos qualquer situação em que uma criança ou adolescente esteja sendo exposta a uma situação de assédio. “ As pessoas que presenciam esse tipo de situação e se omitem, cometem o mesmo crime que a pessoa que está cometendo violência sexual contra crianças e adolescentes, é partícipe do crime e pode ser condenado e processado da mesma forma, por isso a importância e a reponsabilidade que tem a sociedade e a comunidade no enfrentamento da violência sexual”, pontuou o Juiz, que declarou ainda que esse projeto tem total apoio do judiciário.

 A campanha tem como tema: Esquecer é permitir, lembrar é combater, e o lema: Faça bonito você também. No encerramento da campanha no dia 18 de maio ocorrerá uma grande caminhada com a participação de toda a comunidade. O público presente na abertura recebeu um informativo, que traz várias informações, inclusive com quais órgãos se deve entrar em contato para relatar situações de assédio que envolvam crianças e adolescentes.

(FONTE: ASCOM/PMA)