Uemasul promove III Seminário de Saúde Pública da Região Tocantina


A Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (Uemasul) promove, nesta sexta (08) e sábado (09), o III Seminário de Saúde Pública da Região Tocantina, com a participação de estudantes e profissionais da área da saúde. O evento, organizado por estudantes e professores do curso de Ciências Biológicas, do Centro de Ciências Exatas, Naturais e Tecnológicas (CCENT), é aberto à comunidade.

Com o tema “Discutindo a qualidade de vida do século XXI”, o seminário é financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema). 

Estão sendo promovidas palestras, mesas de discussão e minicursos. Na solenidade de abertura, na manhã desta sexta-feira (08), a presença do vice-reitor, Expedito Barroso, pró-reitores e diretores de centros. Em seguida, foi realizada a mesa redonda Perspectivas e Desafios para a Gestão da Qualidade de Vida no Século XXI, com a participação de professores e especialistas, o tema central foi a administração da qualidade de vida.

A coordenadora do seminário, Regiane Saturnino, enfatiza a importância de evento para a comunidade local. “O principal objetivo deste seminário é disponibilizar informações atualizadas sobre a saúde pública e promover uma discussão sobre os hábitos diários, para estudantes e profissionais ligados a saúde, refletindo sobre a longa jornada diária de estudo e trabalho que podem acarretar em diversos problemas para nosso bem-estar”.

O estudante do 3° período do curso de Ciências Biológicas, participante do evento, Gildean Macedo falou da oportunidade de acesso a novos conhecimentos, proporcionado pelo seminário. “Com certeza, é muito importante para todos os estudantes de Ciências biológicas e, também, de outros cursos, principalmente aqueles relacionados à saúde, que poderão aproveitar os minicursos e palestras para colocar em prática essas teorias e ensinamentos técnicos que iremos aprender nestes dias”.