AQUISIÇÃO Prefeitura solicita autorização ao Exército para equipar Guarda Municipal


A Prefeitura de Imperatriz solicitou autorização ao Exército Brasileiro para adquirir armamentos não-letais, coletes balísticos para equipar Agentes de Trânsito e a Guarda Municipal, em que foi pedido também aquisição de pistolas calibre .380 e espingardas calibre 12.

Protocolo foi emitido e direcionado ao Comando da 8ª Região Militar, em atenção à solicitação feita pela Secretaria de Segurança Urbana de Olinda no dia 18 de abril deste ano. Em visita ocorrida na manhã de hoje, 06/12, o subcomandante do batalhão do 50º BIS, Tenente Coronel Peterson e o Capitão Ferreira Filho, atenderam prontamente aos secretários Leandro Braga Costa, secretário Municipal de Trânsito e Transportes e ao Comandante da Guarda Municipal de Imperatriz, José Ribeiro de Oliveira, informando que o encaminhamento da documentação inicial será de forma imediata, a fim de assegurar que o processo seja concluído cuidadosamente e que o município possa ofertar um melhor serviço à população.

A gestão deverá investir na aquisição do armamento e dos coletes balísticos. Após licitação ser realizada e a empresa vencedora autorizada a vender as pistolas e espingardas para a Guarda Municipal, os agentes públicos passarão por exames psicológicos em instituições credenciadas pela Polícia Federal (PF).

Os testes psicológicos farão parte dos processos para identificar aqueles guardas municipais que têm perfil e condições de serem submetidos a um treinamento, promovido pela PF, de qualificação para o porte e o uso funcional das armas de fogo. O trabalho parceiro entre a Guarda Municipal de Imperatriz e a Polícia Federal deverá ser celebrado através de convênio após o processo licitatório para a aquisição dos novos equipamentos.

(Texto de Victor Amorim)