Dupla é presa em Barra do Corda acusada de crimes de pistolagem


Uma megaoperação deflagrada na tarde da última quarta-feira (12), sob coordenação da 15ª Delegacia Regional de Barra do Corda, resultou no cumprimento dos mandados de prisão em desfavor de Luzivan Rodrigues da Conceição, vulgo “Luizão” e de Francisco Erisvan Almeida Pereira. Ambos são suspeitos de participarem de um grupo de pistolagem com atuação na região do Alto Mearim.

Segundo as investigações policiais, “Luizão” é o responsável pelo assassinato de seu ex genro Francisco Murilo Martins da Silva ocorrido em novembro de 2016, onde contratou dois pistoleiros para executarem o crime, dando como pagamento uma motocicleta.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o preso é o principal suspeito pelo assassinato que chocou o Povoado Naru pela crueldade empregada na execução do crime que vitimou Carlos de Sousa Lima, vulgo “Carlinhos”, que foi morto com um tiro e 34 facadas, por fim, teve sua orelha decepada pelos criminosos. O crime teria custado cerca de 2 mil reais e teria sido encomendado por Francisco Erisvan Pereira.

O outro mandado de prisão foi justamente contra Francisco Erisvan Almeida Pereira. Sua prisão foi representada pela Polícia Civil em razão de ser apontado como mandante do assassinato.

A Polícia Civil investiga aponta “Luizão” na execução da vítima Iolanda Pereira de Sousa, assassinada em fevereiro de 2017. A mesma trabalhava vendendo refeições durante as comemorações de carnaval e ao chegar em casa de madrugada, foi assassinada com três tiros por pistoleiros. As autoridades policiais apuram o fato de Iolanda seria a esposa de Renato, também assassinado um tempo antes da mesma. A Polícia investiga agora se a morte de Iolanda tem ligação com o assassinato de seu marido.