Atlas da Violência: Maranhão é um dos Estados que mais reduzem homicídios no Brasil


O Maranhão é um dos Estados que mais reduzem os casos de homicídio em todo o Brasil, de acordo com o Atlas da Violência 2019, divulgado nesta semana pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). A queda foi de 10,1% entre 206 e 2017, período mais recente com dados disponíveis.

Apenas cinco Estados conseguiram reduções mais expressivas: Rondônia (22%), Distrito Federal (21,4%), Sergipe (11,3%), Paraná (11%) e Piauí (10,9%). Os demais 21 têm desempenho inferior ao do Maranhão.

Além disso, o Maranhão foi na contramão do cenário nacional, no qual os homicídios aumentaram 4,2% entre 2016 e 2017. Os dados de 2018 ainda não foram mapeados e serão divulgados no ano que vem.

Queda desde 2015

O Atlas da Violência também mostra uma queda consistente dos homicídios no Maranhão desde 2015, quando foi adotada a nova política de Segurança Pública no Estado. Até 2014, os homicídios vinham crescendo. A partir de 2015, foram caindo ano a ano.

De acordo com o estudo, em 2014 o Maranhão tinha uma taxa de 35,9 homicídios por 100 mil habitantes. Em 2015, caiu para 35,3; em 2016, para 34,6; e em 2017, para 31,1.

Em 2014, o Maranhão tinha uma taxa de homicídios maior que a média brasileira. Hoje, é menor que a média nacional, como revela o Atlas da Violência.

E mais: em 2014, o Maranhão estava entre os 12 Estados com maior taxa de homicídio. Hoje, está entre os dez com menor taxa de homicídios.