Reunião na AGEMSUL esclarece aos beneficiários do Parque Alvorada sobre ‘Aluguel Social’


Aluguel Social foi disponibilizado para famílias que tiveram a residência inviabilizada após a enchente desse ano._

Moradores do Bairro Parque Alvorada que foram atingidos pelas enchentes deste ano e tiveram suas residências parcial ou totalmente destruídas pela ocorrência das águas, mas que ficaram impossibilitado de retornar por questões de segurança, já começaram a receber o ‘Aluguel Social’ disponibilizado pelo do Governo do Estado após levantamento minucioso do Corpo de Bombeiros Militar de Imperatriz, juntamente com técnicos da SECID.

Com o objetivo de instruir sobre a prestação de contas, ocorreu na tarde de hoje (4) na sede da AGEMSUL, uma reunião com moradores beneficiários do programa e a equipe da Agência Metropolitana, coordenada pelo presidente Frederico Ângelo.

Moradores beneficiários receberão R$3000,00 ( três mil reais )no total,a primeira parcela no valor de R$ 500,00 (Quinhentos Reais) já foi paga, e deverão prestar contas durante os 6 (seis) meses que receberão o benefício com um comprovante de transferência bancária e o recibo do imóvel contratado, esclareceu o advogado Marcos Paulo, o Assessor Jurídico da Agência. 

Frederico Ângelo explica que o aluguel social foi disponibilizado pelo período de seis meses (Maio a Novembro), para 30 famílias.
“Durante esse período a prefeitura deve entrar em acordo com os beneficiários para encontrar uma solução para os atingidos, pois o objetivo do governo é ver essas famílias bem alocadas e protegidas dentro do seu ambiente doméstico, como era comum antes das enchentes”, finalizou.