Prefeitura de Amarante disponibiliza gratuitamente o implante do Dispositivo Intrauterino (DIU) para mulheres do município.


Buscando oportunizar as mulheres amarantinas o direito a um planejamento familiar eficaz, a Prefeitura de Amarante, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, vem desde o mês de agosto, disponibilizando gratuitamente, o implante do Dispositivo Intrauterino (DIU). O procedimento, que consiste na colocação do método contraceptivo dentro do útero vem sendo realizado no Hospital Municipal São José de Ribamar. Vale ressaltar que a secretaria já presta uma assistência a contracepção, através de informações, aconselhamentos e outros métodos anticoncepcionais, o que ajuda as mulheres a evitar, muitas das vezes, uma gravidez não planejada.

De acordo com a gestora da pasta da Saúde, Dra. Heryland Duailibe, essa iniciativa é um grande ganho para o município, principalmente para as mulheres. “Nós estamos felizes por dá a essas mulheres a oportunidade de planejarem sua gestação, felizes também devido à grande procura por esse método. Há princípio recebemos 100 DIU’s, e já colocamos praticamente todos, e iremos correr atrás para que mais mulheres sejam contempladas e mais planejamento familiar seja feito no nosso município”, destacou a secretária.
“Para isso nós capacitamos a nossa equipe, temos a frente dessa ação o Dr. Marconi, que com todo compromisso e dedicação é quem está inserido o DIU nas nossas pacientes, enfim estamos oferecendo um trabalho de qualidade que não deixa a desejar’, concluiu.

Dr. Marconi, médico ginecologista, responsável por realizar o procedimento no município, salienta que a eficácia do DIU é ainda maior do que a dos anticoncepcionais orais. “O DIU é um método muito eficaz e pouco utilizado, que além de ajudar com no planejamento familiar, evitando uma gravidez indesejada, ele reduz pela metade o risco de se ter câncer do colo uterino”, ressaltou.

Keren Hapuck, coordenadora da Atenção Básica do município, explicou que as mulheres que manifestarem o desejo de colocar o DIU devem primeiro procurar um posto de saúde de sua referência ou a Secretaria de Saúde. “Nós deixamos bem claro a essas mulheres as vantagens que o uso do DIU proporciona, ao mesmo tempo que as informamos que ele não previne contra as DST. De posse das informações e com a assinatura de um termo, são encaminhadas ao hospital onde realizam uma triagem e estando aptas realizamos o procedimento no mesmo dia”, explicou Keren

Ela também explicou que o uso do método está tendo uma grande aceitação, por parte até das adolescentes, algo que a equipe da Atenção Básica não esperava, e que por isso estão bastante satisfeitos por atenderem essa demanda.

A jovem Mirian Araújo, 16 anos, foi uma das pacientes beneficiadas com a colocação do contraceptivo e comentou. “Foi uma oportunidade muito boa pra mim que não posso tomar anticoncepcional, e eu só tenho a agradecer a Prefeitura por isso”, disse Mirian.
(ASCOM/PMA)