Câmara aprova projeto que doa centrais de ar e climatiza o Teatro Ferreira Gullar


Na manhã desta terça, 26, seria apresentada e enviada às comissões a lei ordinária nº 26/2019, de autoria do poder executivo, que “Autoriza a doação de bens móveis à Associação Artística de Imperatriz – ASSARTI, e dá outras providências”, mas devido a necessidade urgente de aprovação do projeto, o vereador João Silva (PRB), líder do governo pediu a quebra de interstício, para que a matéria fosse votada imediatamente.
Como se tratava de matéria comum, precisaria apenas de 14 votos, mas colocado em votação, o projeto foi aprovado por unanimidade.
O objeto de doação são centrais de ar tipo split, que compreendem duas de 12 mil BTUs, uma de 18 mil e mais quatro de 60 mil, mais as instalações elétricas e hidráulicas. Os recursos virão de dotação do tesouro municipal e o projeto entrará em vigor na data de sua publicação, ou seja, após voltar para a prefeitura e ser sancionada pelo executivo.

O ator e radialista Rogério Benício que integra o grupo OKAZAJO esteve presente junto com outros artistas, músicos e pessoas que trabalham na cultura e fazem parte da ASSARTI, para acompanharem a apresentação da matéria e informou que o prefeito fez o projeto de lei a pedido da associação.
“Nós como artistas estamos muito felizes pois já há 1 ano e 4 meses não podemos nos apresentar, pois a climatização é primordial em um local de temperatura relativamente alta como Imperatriz, mas falta ainda muita coisa: piso, poltronas, som, luz e tudo que um local de espetáculos precisa, para que a magia do teatro possa acontecer. Essa climatização é fundamental e estamos muito gratos. Foi um primeiro passo e agora iremos buscar avançar e subir outros degraus, para conseguirmos o que falta”.
Após a aprovação do projeto o presidente José Carlos (Patriota) parabenizou a todos os presentes pela conquista e a ASSARTI por todo o trabalho de arte prestado para a nossa cidade.