Décio Sá chama Marcio Jerry de ' O COVEIRO' do PT



INFORMAÇÃO DO BLOG DÉCIO SÁ
Eu já vi caboclo cara de pau na política, mas como o presidente do Diretório Municipal dp PCdoB, Márcio Jerry, ainda está para aparecer. “Fiz parte desses 32 anos do PT e lamento que uma parte considerável do partido tenha sepultado os compromissos e sonhos dos seus fundadores”, diz ele nas redes sociais.


Marcio Jerry enterrou o casal Jomar e Terezinha Fernandes


Será que Márcio Jerry pensa que ninguém sabe que ele é justamente um dos “coveiros” que “sepultou” o PT no Maranhão. Acabou com a liderança de Jomar Fernandes em Imperatriz e a carreira do promissor político no estado. Até hoje não pode nem pisar na cidade.

Nessa época, Jerry e vários secretários conseguiram a incrível proeza de serem indenizados mesmo só tendo ocupados cargos comissionados. Uma inovação nas leis trabalhistas que virou até livro de juízes maranhenses.

Após enterrar Jomar, o hoje comunista virou “guru” da mulher dele, a ex-deputada federal Terezinha Fernandes. Conseguiu fazer com que ela, no mandato, embarcasse, em 2006, na natimorta candidatura do ex-ministro Edson Vidigal, então no PSB, a governador. Terezinha foi a candidata a vice. Reprovação retumbante nas urnas.

Ao mesmo tempo, numa tremenda falta de ética, Márcio Jerry já assessorava o então candidato a deputado Flávio Dino (PCdoB), outro que ele vai acabar de enterrar em 2014. Na verdade, tirou Terezinha do páreo e abriu caminho em parte de suas bases ao ex-juiz federal.


O vice-governador Washington Luiz Oliveira (PT), ex-comunista, resolveu reagir aos ataques que Márcio Jerry vem fazendo ao PT. “O Partido Comunista do Brasil é um partido respeitado, não faz política provinciana. Você é o presidente deste partido e tem obrigação de respeitá-lo, respeitando o Partido dos Trabalhadores, partido aliado do PCdoB mesmo que momentaneamente estejamos divergindo em nosso Estado”, disse o petista.

Washington foi um dos coordenadores da campanha de Flávio Dino à Prefeitura de São Luís em 2008. Foi só ele tentar ser candidato que não presta mais.

Assim agem os camaradas do PCdoB. O cidadão só é bom quando está a serviço do projeto pessoal deles!