Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » Vereador Adonilson encaminha Moção de Aplausos a Sonia Guajajara‏


PINHEIROFOTO 10:35




O professor vereador Adonilson encaminhou pedido de Moção de Aplausos a liderança indígena Sonia Bone, mas conhecida como Sonia Guajajara, na Câmara Municipal de Imperatriz.  O documento foi aprovado por unanimidade pelo plenário e agora tramitará junto às demais leis no parlamento mirim.

A Moção de Aplausos é uma honraria concedida a figuras e indivíduos que de alguma fora contribuíram ou contribuem para cidadania e que desenvolvem ou desenvolveram serviços relevantes a comunidade.

Segundo informações do vereador Adonilson Sonia foi agraciada recentemente com a comenda da ordem do mérito cultural, a maior condecoração cultural do Brasil.  “Recebeu também por meio do Governador Flavio Dino reconhecimento de mérito pela luta contra os incêndios florestais que devastaram terras indígenas maranhenses”, Ressaltou Adonilson acrescentando que Soninha é a simbologia da luta em favor das demandas indígenas e a sobrevivência de um povo.


Quem é Sonia Guajajra ?
Os Awá Guajá é um povo que mantém sua forma ancestral de sobrevivência, e dentro desta área existe um povo aguerrido, Os Guajajara. No seio destes nasceu Sonia Bone, ou Soninha, como os mais próximos costumam chamá-la.

Soninha teve uma infância típica daqueles da comunidade: ajudava os pais na roça, vendia farinha de mandioca, brincava e estudava.

Soninha sempre foi desbravadora, curiosa, dedicada e corajosa. Acreditava que a Educação era a ferramenta que poderia mudar o mundo. Aos 17 anos se tornou liderança de seu povo e freqüentou um curso de Medicina Natural em São Paulo, vindo a formar-se em Letras e trabalhando como Professora de Português.

Sua primeira experiência como militante indígena foi durante a Conferência da Marcha Indígena, quando se discutiu o Estatuto dos Povos Indígenas. Em 2007 participou do Fórum Permanente da ONU, para questões indígenas. Assumiu coordenações nas organizações indígenas nacionais, vindo a representar os indígenas da America na Assembléia da ONU em 2008, na cidade Nova Yorque, EUA.    

Por tudo isso recebeu recentemente a medalha “18 de Janeiro”, concedida pelo Centro de Defesa dos Direitos Humanos “Padre Josimo” pela sua firme atuação a frente da Coordenação Executiva dos Povos Indígenas (APIB). (Assessoria)



Nenhum comentário

Leave a Reply