SENARC faz apreensão recorde de 3.2 toneladas de maconha prensada no Maranhão


Durante operação deflagrada no Povoado Miritíua, zona rural de São José de Ribamar, a Polícia CIvil, por intermédio da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico - SENARC, realizou a apreensão de aproximadamente 3,2 toneladas de maconha prensada, que estavam sendo transportadas em um carreta, marca Scania, cor vermelha, placa NXV-5193, conduzida por Rodrigo Alves de Oliveira, 32 anos de idade.

Sendo que, na oportunidade, foram presos Walt Rafael  Sousa de Araujo, 33 anos, Pablo Hernandes  Ferreira, 33 anos, e Denilson Castro dos Santos, 30 anos, os quais estavam nos veículos Nissan Frontier, cor prata, placa OLH-6799, e Fiat Punto, branco, placa OJH-3530, dando suporte ao transporte do carregamento de droga.

Após a ação, os aludidos indivíduos foram conduzidos à sede da senarc, onde foram autuados em flagrante delito pela prática dos crimes de tráfico ilícito de drogas e associação para o tráfico.

Em seguida, foram encaminhados ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde ficarão à disposição do Poder Judiciário.

Ressaltando que, Walt Rafael  Sousa de Araújo, já responde a processos pelos crimes de tráfico de drogas, roubo majorado a instituição financeira e estelionato.

Essa foi considerada a maior apreensão de maconha prensada no estado do Maranhão e uma das maiores do Norte/Nordeste no ano de 2017.