Antônio Pereira luta para garantir transporte escolar gratuito a indígenas de Amarante


O deputado Antônio Pereira (DEM) ocupou a tribuna da Assembleia nesta quarta-feira (25) para pedir que o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, viabilize convênio com a Prefeitura de Amarante garantindo o transporte escolar dos alunos indígenas, que precisam se deslocar das aldeias aos centros urbanos.

O pedido foi feito depois que o deputado Antônio Pereira recebeu, na Assembleia Legislativa, a visita de um grupo de indígenas daquela cidade, liderados por Fabiana Guajajara, representando mais de 6 mil pessoas que fazem parte dos Guajajaras e dos Gavião. 

Na ocasião, Antônio Pereira pediu, também, que o secretário Felipe Camarão receba, nessa sexta-feira (27), em audiência agendada, os representantes das lideranças dos povos indígenas Guajajaras e Gavião, para que se possa resolver a questão do transporte escolar. 

No pronunciamento, Antônio Pereira disse que é preciso esclarecer informações sobre o número de alunos indígenas nas aldeias, porque não é possível firmar convênio de transporte escolar com poucas pessoas para transportar. “As informações sobre o número de alunos são conflitantes”, observou. 

O democrata esclareceu que é preciso chegar a um consenso, porque os indígenas alegam que há 490 alunos que precisam de transporte escolar. Por outro lado, a unidade da Seduc de Imperatriz informa que são apenas 77. Já a Secretaria Municipal de Educação de Amarante apresenta outro número: 200 alunos.

Antônio Pereira informou que o povo indígena de Amarante representa uma população de 6 mil habitantes. “Do total, 1.500 são estudantes da rede pública de ensino, tanto municipal quanto estadual. Desses, 1.500 alunos indígenas, quase 500 necessitam de transporte escolar gratuito”, revelou.