Vigia preso acusado de participação no roubo de celulares no Paraíba é colocado é liberdade


O vigia do deposito do Armazém Paraíba, preso pelo Serviço de Inteligencia por volta das 23 h de quarta feira(12) em sua residencia no Parque Anhanguera, suspeito de ter colaborado com os ladrões que em novembro, roubaram mas de mil celulares, foi apresentado no Plantão Central da 10ª Delegacia Regional de Policia Civil, e após ter prestado depoimento acompanhado do seu advogado, foi colocado em liberdade.

De acordo com a policia, Clemilton Marinho Fontes, estava trabalhando no dia que aconteceu o roubo, ele inclusive foi amarrado pelos ladrões e teve arma levada pelos ladrões, a suspeita de participação do vigia e porque no deposito, é norma da empresa no período da noite o vigia soltar no patio da empresa vários cachorros, nessa dia os animais ficaram presos.

Por esse motivo a suspeita de ter facilitado a entrada dos ladões, a outra suspeita foi ter encontrados na residencia do mesmo, seis aparelhos celulares ainda na caixa, inclusive constam o numero de serie na lista do roubados, no depoimento ao delegado de plantão ele disse que não tinha aparelhos em sua casa, ele suspeito que alguém colocou os aparelhos para lhe incriminar.

Após o depoimento ele foi colocado em liberdade, porque não está em flagrante, a defesa dele argumentou também que adentraram na residencia de Clemilton em horário improprio e sem Mandado de Busca a Apreensão, espedido pela Justiça, Clemilton Marinho Fontes, teria informado que irá acionar a justiça.