.

.

Prefeitura de Estreito inicia serviço de terraplenagem no bairro Vila Teco

 

_Pavimentação asfáltica no bairro era um sonho antigos dos moradores, que agora começa a se tornar realidade._


ESTREITO - Desde 1987 a Vila Teco ficou esquecida, um bairro que era lembrado apenas na época das eleições ou nas promessas vazias daqueles que lançavam vídeos afirmando que as ruas de terra seriam asfaltadas. 


O asfalto não chegava e a desculpa sempre aparecia, enquanto isso os moradores eram vítimas de "vendedores de promessas", mentirosos que usavam do sofrimento alheio para se promover.


Na manhã desta segunda-feira, 04 de julho de 2022 a história da Vila Teco começou a mudar. As máquinas acordaram os moradores, rasgando as ruas e realizando a terraplanagem para que logo em seguida o tão sonhado asfalto seja aplicado. 


Sem promessas, sem publicidade, apenas as máquinas começaram a trabalhar, surpreendendo os moradores e trazendo esperança a população que no verão sofre com a poeira e no inverno com as enchentes e atoleiros.


Léo Cunha ainda estuda junto com engenheiros uma extensão ainda maior da pavimentação, chegando até a Rodoviária da cidade, proporcionando um acesso rápido até o terminal de embarque e desembarque de passageiros de ônibus, tudo isso com asfalto.


Segundo o Prefeito Léo Cunha, o asfalto tem que atender as necessidades da população e por isso outros bairro também receberão este benefício.


"Eu quero dar a população aquilo que é deles, temos que atender os locais que foram esquecidos, por inúmeras desculpas, vamos aplicar o asfalto e bloquetes nos bairros onde está o povo, não é justo decidir apenas com base em vontades pessoais, temos de atender quem precisa e por isso afirmo a todos, isso é só o começo, eu disse que quando houvesse sol e condições de trabalho que iríamos intensificar as ações, quem duvidou vai ficar arrependido", destacou.


O sonho de mais de 30 anos vai ser realizado por um Prefeito que preferiu fazer ao invés de divulgar e depois inventar desculpas. A gestão Léo Cunha surpreende até mesmo aqueles que torciam para nada dar certo. 


A terra na Vila Teco vai ficar no passado e em breve outros bairros também vão ouvir o barulho das máquinas e homens trabalhando.